Chat with us, powered by LiveChat
ClickSummitContent MarketingdigitalLisboaMarketing DigitalRedes SociaisTendências
[ Novembro 19, 2018 by clickadmin 0 Comments ]

PSE apresenta conclusões sobre personalidades digitais

A PSE esteve presente no ClickSummit e realizou um breve questionário que permitiu aos participantes saberem qual a sua Personalidade Digital no Facebook! São os resultados desse mesmo estudo que passamos agora a apresentar.

Ao longo dos dois dias do evento, recolhemos respostas de 1/4 dos participantes – mais de 125 pessoas – o que permitiu concluir que as Personalidades Digitais mais presentes foram:

Observer: raramente efetuam comentários em páginas de marcas;

Informer: efetuam muitos comentários e em páginas distintas;

Prime Time Follower: diferenciam-se principalmente por comentarem sobretudo no período da noite, em horário nobre.

Outros dados estatísticos

A grande maioria dos participantes (86%) considera importante analisar o comportamento dos seus seguidores no Facebook.

Contudo, apenas 46% já o faz regulamente e 38% extrai informação sobre os sentimentos dos seus seguidores em relação à sua marca.

Este estudo é da responsabilidade da área de negócios Research & Insights da PSE que em 2018 já realizou os estudos ‘Retrato Digital das PME portuguesas’ e ‘Personalidades Digitais no Facebook’, para além de outros projetos na área dos estudos comportamentais, da análise de preferências e da identificação dos fatores que mais influenciam a satisfação ou a qualidade de um produto ou serviço.

Se quiser conhecer-nos melhor contacte-nos por email transformbyanalytics@pse.pt, ou visite-nos em www.pse.pt.

Transformamos dados em conhecimento.

PSE.

ClickSummitdigitalecommerceeventoInfluenciadoresLisboaMarketing DigitalRedes SociaisstorytellingTendências
[ Outubro 9, 2018 by clickadmin 0 Comments ]

Ambassador veste os apresentadores do ClickSummit

Antes de passarmos a explicar porque é que nos resolvemos associar ao ClickSummit com a(s) camisa(s) que os oradores vão vestir no evento, diga-nos o seguinte:

  • Costuma entornar líquidos sobre si ou é daquelas pessoas que não consegue comer sem se sujar?
  • As manchas de suor perseguem-no, especialmente nos dias de verão?
  • Sempre que sai de um bar, fica com a roupa a cheirar horrivelmente a tabaco?

Então deixe-nos dizer-lhe que somos capazes de ter encontrado a solução para estes problemas em particular.

Já imaginou o que seria viver num mundo onde pudesse usar uma camisa branca, descansado da vida, sabendo que não a iria sujar até ao final do dia?

 

Pois é. Pode deixar de sonhar com esse dia porque ele chegou.

Depois de muito trabalho, investigação e persistência, a Ambassador Portugal encontrou a resposta.
Está aí a primeira camisa branca customizada, feita de algodão premium, que evita nódoas e odores e que vai permitir manter um visual atraente e elegante de manhã à noite.

Esta inovadora camisa recorre a nanotecnologia – sim, isso mesmo, nanotecnologia – infundida em nível molecular nas fibras de algodão Pima, mantendo assim a máxima suavidade natural, respirabilidade e durabilidade do tecido.

Se quer saber mais para além desta conversa científica tem mesmo de conhecer a Rita Dinis, fundadora da Ambassador Portugal e a alma por trás desta ideia que virou marca.

A abordagem da Ambassador distingue-se porque:

1) Controla a absorção de odores – o fumo de tabaco, óleos de fritura, as terríveis manchas de suor são coisas que podem estragar para sempre uma camisa. Esta nova composição apresentada pela Ambassador permite uma redução significativa das bactérias responsáveis pelos maus cheiros, uma vez que controla a circulação do suor e da humidade para fora do corpo;

2) Previne a absorção de líquidos – como café, vinho ou mesmo molho de francesinha;

3) Ecológico – Contribui para a poupança da água, uma vez que ao ser resistente a nódoas, manchas e odores, precisa naturalmente de menos lavagens;

4) Aumenta a duração média de vida da roupa – ao manter as cores por mais tempo e ao reduzir a deterioração geral dos tecidos.

Mas afinal quem é a Rita Dinis e de onde é que apareceu a ideia de criar uma camisa assim?

 

Aos 28 anos esta consultora formada em Gestão pela Universidade Católica acredita que o seu particular interesse pelo têxtil e pela moda foi despertado pela sua avó, costureira de profissão, com quem cresceu, no meio de amigas e “trapos”, e quando ainda brincava às costureiras.

Já o seu espírito empreendedor terá sido incentivado pelos pais e raízes Leirienses – um cluster empresarial.

A ideia em si nasce no seguimento de uma conversa de amigos em contexto empresarial, onde todos se queixavam da tremenda dificuldade de manter uma camisa branca impecável de manhã à noite, pelos diferentes desafios enfrentados nos seus empregos.
As razões eram claras:

  • suor
  • manchas
  • maus odores

Posto isto, juntaram-se as preocupações à procura de soluções e chegou-se onde hoje estamos.

ClickSummit_Ambassador2

 

Ambassador & ClickSummit

A Ambassador está actualmente a arrancar com a primeira produção de Camisas e Polos após o sucesso alcançado com a campanha de crowdfunding na plataforma Indiegogo. E, sendo o próximo passo alavancar-se definitivamente no mundo do e-commerce, consideramos que esta parceria com o ClickSummit ajuda a Ambassador a vingar neste mercado tão dinâmico.

Para além disso, não nos esquecemos de quem nos deu a mão quando éramos só um conceito com protótipos.

Conhecemo-nos há cerca de um ano enquanto colegas de cowork do primeiro espaço que nos acolheu, a Beta-i.

Tanto o Fred, como o Martim, como a sua equipa, têm sido uns verdadeiros embaixadores da Ambassador desde os conselhos a partilhas de experiências que têm sido essenciais para dar vida à Ambassador.

Campanhas de crowdfunding, geração de leads, press release, recomendações de gurus, abordagens de negociação no marketing, e sextas-feiras de networking, são temas que têm estado na ordem do nosso diálogo.

Portanto, diria que a linha que separa a nossa relação business e a cumplicidade/amizade é ténue.

E é este o tipo de relações que nos inspira, que queremos continuar a cultivar, e que dá prazer ter neste mundo dos negócios, que muitas vezes é tão agressivo. Fazer negócios assim é fácil.

Obrigada Equipa ClickSummit.

 

ClickSummitEstratégia DigitaleventosiOSMarketing DigitalMobileRedes SociaisTendências
[ Setembro 18, 2018 by clickadmin 0 Comments ]

evenTwo cria app mobile do ClickSummit 18′

A evenTwo, uma das empresas líderes no desenvolvimento de Apps nativas para iOS e Android, desenvolveu a app mobile oficial da edição de 2018 do Clicksummit.

Mas quais as principais vantagens da utilização de uma app num evento como o CLICKSUMMIT?


1- Informações sempre atualizadas

Toda a agenda, speakers, expositores e dicas úteis estão disponíveis para o participante, mesmo sem conexão à Internet.
Dizer ainda que o envio de notificações push permite informar os participantes de qualquer alteração à agenda ou evento de interesse.
Além disso, o organizador pode publicar galerias de imagens, vídeos ou documentos antes, durante e depois do evento.

2- Estatísticas de feedback e utilização

Através da App, os participantes podem fazer avaliações, pesquisas, participar em jogos, enviar perguntas aos speakers e até votar ao vivo durante as sessões. Foi por isso que resolvemos adicionar estatísticas de utilização às suas apps. Ou seja, a fim a fornecer ao organizador, informações valiosas sobre o que mais interessou aos participantes/utilizadores da aplicação.

3- Networking entre participantes

Atualmente é colocado um ênfase especial no networking durante o evento, transformando assim a app numa espécie de rede social.
Na app Clicksummit, os utilizadores têm o seu próprio perfil e podem interagir em chats e enviar mensagens e imagens privadas.

Para a app do evento deste ano, acrescentámos ainda a funcionalidade de matching (correspondência profissional) que permite relacionar utilizadores de acordo com os seus perfis e preferências.

4- Benefícios extras para patrocinadores

Espaços como o carrossel de patrocinadores das apps evenTwo permitem aumentar o ROI do evento até 30%. Além disso, as estatísticas de visualização dos logotipos são uma ferramenta fundamental para justificar este tipo de patrocínio.

5- Experiência do utilizador

Nem todas as apps são iguais. Para uma experiência de utilizador ideal, a evenTwo aconselha sempre a opção de apps totalmente nativas, desenvolvidas nas linguagens e nos padrões de usabilidade do iOS e do Android como a que desenvolvemos para o ClickSummit.
O resultado é uma App estável, segura, ágil e intuitiva, com um design moderno e de acordo com as diretrizes do evento.

Porquê a evenTwo?

De forma sucinta somos o parceiro ideal para a criação de apps para eventos.
Com mais de 2.000 Apps criadas para grandes empresas e organizadores a nível mundial, oferecemos as funcionalidades necessárias para potenciar o sucesso de qualquer evento de maneira muito simples, e tudo a partir de apenas 500 euros.

Nota: Este artigo foi escrito integralmente pela evenTwo)

ClickSummitdigitalecommerceEstratégia DigitaleventoInfluenciadoresLiderançaMarketing DigitalTendênciasTrabalho
[ Setembro 15, 2018 by clickadmin 0 Comments ]

6 passos para convencer o seu chefe a autorizar a ida ao ClickSummit

Primeiro é necessário perceber que não basta pedir, mas sim, fazer a sua chefia entender que a sua ida ao ClickSummit representa um benefício as duas partes.

Como?

Provando que a sua participação irá melhorar os seus resultados e poderá trazer lucros à sua organização.

BENEFÍCIOS PARA A EMPRESA

 

1. Ganho Empresarial

Mostre-lhe como é que a sua ida pode representar um fator de lucro para a empresa, podendo, inclusivamente, melhorar a sua produtividade, a da sua equipa e, consequentemente, a das outras equipas.

Desta forma vai poder converter esse rendimento em estratégia e valor económico e justificar a sua presença num evento como o ClickSummit.

Explique ao seu chefe qual a razão para este ser um dos eventos mais relevantes na área e por que é que é essencial para a empresa que esteja presente.

2. Eleger prioridades

Seja claro a eleger prioridades que contribuirão para a evolução do vosso negócio. Como por exemplo, o networking ou os temas específicos abordados durante as palestras.

Na Sala Inovação e no Palco Principal terá oportunidade de aprender novas táticas que poderá aplicar rapidamente na sua empresa
(explicar melhor tipo assim: No Palco Principal pode contar ouvir conteúdos mais aprofundados que juntam estratégia e sociologia.
Já na Sala Inovação, vai poder ouvir palestras mais técnicas e casos de estudos sobre as últimas tendências do mercado.

3. As mais valias do evento

No ClickSummit pode contar ouvir mais de 40 oradores de renome no mercado português e estrangeiro.

São profissionais reconhecidos pelo seu trabalho na áreas de marketing e vendas online, prontos para partilhar consigo conselhos úteis que poderá utilizar, construindo assim a melhor estratégia para si e para a sua empresa.

São 2 dias intensos de partilha de conhecimentos, novas tendências, estratégias e ferramentas ao nível de tráfego, conversão e vendas online.

500 participantes e muito networking

As palestras são, sem dúvida, uma fonte para melhorar e adquirir conhecimentos, mas, não são a única vantagem do ClickSummit.
O networking é o outro ponto essencial que deve aproveitar para explicar ao seu chefe, realçando a importância destes momentos para realizar possíveis oportunidades de negócio.

Diga-lhe, uma vez mais, que são 500 profissionais das áreas do marketing e das vendas online. O que é que todos têm em comum? A paixão por estes áreas e a vontade de fazer mais e melhor e de partilhar os resultados daquilo que fazem no seu dia-a-dia.

4. Estratégia

O foco está na estratégia e por isso, cada orador abordará o seu tema tendo em conta os seus conhecimentos e o seus métodos estratégicos. Focando-se em assuntos que prometem ser atuais e indispensáveis para a sua empresa.

O marketing e vendas online são 2 temas que têm pano para mangas e por isso devem ser extremamente esmiuçados. Elegemos então alguns temas que consideramos essenciais nos dias de hoje para si que trabalha na área como também para a sua empresa.

5. Os temas abordados

Não é de todo descabido que mostre ao seu chefe que sabe perfeitamente o que é que se vai passar durante os dias do evento. Nomeadamente, quais são as palestras que considera relevantes e o temas das mesmas.

Hábitos e o Comportamento do Consumidor em Portugal; Novo Regulamento Geral de Protecção de Dados; Gestão de Crise nas Redes Sociais
Legado Digital e Plano das escolhas de final de vida; Casos de Estudo com boas práticas em vendas online; Planeamento e Estratégia de Meios Digitais; A importância do Alojamento Web e tendências SERP; Futuro dos serviços em Agências de Marketing Digital; SEO; Escalar um negócio Digital e Hacks de Crescimento; Métricas e KPis no Ambiente Digital; Criatividade e Estratégia nos meios Digitais; Desenvolvimento de Vendas com Inbound Marketing ; Facebook Messenger & Dark Web; Tendências em Email-Marketing ; Transformação e Renovação Digital em Empresas; Ferramentas para Gestão de Redes Sociais; B2B Marketing no Digital; Recrutamento e Gestão de Carreira no Digital ; Direitos de Protecção de Imagem nos Canais Online.

E agora? Ainda está a tempo de decidir e perceber que temas serão mais proveitosos para a sua estratégia digital.

ClickSummit_Chefe2

6. Discrimine as suas despesas

Seja claro e descreva ao seu chefe quais as despesas que a empresa terá com a sua participação no evento.
Desde o valor do bilhete, aos gastos de alimentação, meios de transporte e estadia se assim for necessário.

Almoce no ClickSummit

Quer que a sua hora de almoço não seja feita a correr e tornando-se numa excelente oportunidade de networking? Venha almoçar connosco!

Qualquer hora pode ser crucial para incentivar o networking e a hora de almoço representa uma ótima oportunidade de negócio, concorda?

Se reservou almoço vai poder almoçar com os oradores e restantes participantes. Se por ventura não conseguiu reservar o seu lugar, este artigo é para si.

Despesas de deslocação

Os meios de transporte representam um custo extra, por isso, deve informar antecipadamente o seu chefe.

Se vier na sua própria viatura terá estacionamento gratuito. Se preferir também pode vir de transportes.

Se achar mais cómodo chegar de carro mas não quer trazer o seu, pode vir de DriveNow que vai garantir um maior número de carros na zona do evento.

Se preferir chegar despreocupado pode optar pela Cabify que disponibiliza um desconto de 20% em viagens de e para o ClickSummit.

Desconto nos melhores hotéis de Lisboa

Bem sabemos que para quem não vive em Lisboa a estadia pode ser uma preocupação e nós também pensámos nisso.
Respire de alívio, vai poder poupar, o ClickSummit em conjunto com o CORINTHIA HOTEL LISBOA e os HÓTEIS HF oferecem condições especiais para os nossos participantes.

E agora acha que já tem argumentos suficientes para convencer o seu chefe?
Quer-nos parecer que sim!

Esperamos por si no melhor ClickSummit de sempre!

ClickSummiteventosLisboaMarketing DigitalstorytellingTendências
[ Setembro 14, 2018 by clickadmin 0 Comments ]

Rumo ao melhor CLICKSUMMIT de sempre

Rumo ao melhor CLICKSUMMIT de sempre


No ClickSummit, todos os anos tentamos inovar e apresentar algo de novo (temos feito um esforço, por exemplo, no sentido de procurar não repetir oradores).

Mas há algo que fazemos questão de manter em todas a edições e que se prende com o desafio que lançamos a nós próprios.
O mote é simples: “Vamos fazer o melhor ClickSummit de Sempre!”. 

Esperamos estar a conseguir. Vocês dizem-nos todos os anos que sim =)

RECEITA PARA QUE CORRA TUDO BEM? SIMPLES: A EQUIPA


Acreditamos piamente que a base da nossa receita é a equipa que concebe e concretiza o CLICKSUMMIT.
Ela contém uma grande dose de paixão, envolvida em muita ambição e polvilhada com o máximo profissionalismo.

No entanto, temos uma preocupação constante: incorporar cada input que recebemos da nossa audiência.
Acreditamos que experiência vivida num evento como o nosso é claramente bidireccional! Vocês fazem sempre o ClickSummit connosco.

CLICKSUMMIT18_Auditorio

Arquivo LISPOLIS

É claro que os nossos parceiros e sponsors são também um ingrediente fundamental nesta receita. E também eles têm sido empenhados, interventivos, apaixonados pelo evento: dão sugestões, apresentam soluções. No fundo, são um tempero que se nota bem no paladar.

E acreditem que nós temos um gostinho muito especial em perceber que no produto final da nossa receita existem várias fatias: empresas (onde se contam muitos dos principais players do mercado), associações empresariais, empreendedores, estudantes e profissionais de variadíssimos sectores.

É também neste espírito de parceria que temos enquadrado a escolha dos locais onde temos realizado o ClickSummit:

  • Escola Superior de Comunicação Social fez e faz parte da vida de muitos dos elementos do nosso staff;
  • Aula Magna é um espaço lindíssimo no coração da Universidade de Lisboa;
  • Este ano, o Lispolis – Pólo Tecnológico de Lisboa é um espaço que – tal como nós – se dedica a apoiar a ação de empresas tecnológicas e inovadoras, acelerando o processo de transformação digital das mesmas.

Isto e a forma como fomos convidados foi determinante para que recaísse sobre este recanto da capital.

Sempre escolhemos “casas” que nos dizem muito e que “colam” bem com a nossa missão de “fomentar a literacia digital”.

Porquê? Porque fazemos questão de vos receber como amigos, em nossa casa e queremos continuar a fazê-lo por muitos e bons anos.

Já mal podemos esperar pelos dias 11 e 12 de Outubro.

Esperamos por si.

Combinado? 🙂

analyticsClickSummitEstratégia DigitalInfluenciadoresMarketing DigitalRedes SociaisTendências
[ Setembro 8, 2018 by clickadmin 0 Comments ]

Criação de valor da análise de dados no Social e Digital – PSE

A PSE é uma empresa portuguesa que desde 1994 extrai conhecimento da informação pela aplicação de técnicas de análise de dados. Com uma ampla experiência em múltiplos setores de atividade (telecomunicações, banca, seguros, retalho, distribuição, energia, grande consumo, governo, saúde, etc..) e nas mais diferentes áreas funcionais (marketing, risco, produção e operações, distribuição, logística, qualidade, financeira, etc…) contamos com uma equipa especializada na incorporação de inteligência preditiva nas organizações e nos processos de negócio. A nossa experiência nacional e internacional no envolvimento em projetos analíticos, bem como a nossa abordagem metodológica suportada pelas melhores práticas, casos de estudo e projetos implementados, têm tido um elevado reconhecimento por parte dos nossos Clientes e Parceiros. Estamos focados na criação de valor para os nossos Clientes dando respostas analíticas ao negócio.

Reconhecendo a importância crescente do mundo digital e das redes sociais nos negócios, desenvolvemos recentemente uma oferta específica para estes novos mercados, incluindo um modelo analítico para suporte à adoção de novas estratégias de marketing, o designado PSE Social & Digital Analytical Model.

É neste enquadramento que marcamos presença no evento CLICKSUMMIT 2018 apresentando a nossa oferta nas áreas de Research & Insights e Data:

  1. Serviço NetBehaviour by PSE que lhe permite aceder a informações sobre os visitantes do seu site e da sua concorrência – quem são os utilizadores (em termos de caraterísticas sociodemográficas, socioeconómicas, geográficas, lifestyle)? Como acedem? Quando acedem? Com que frequência e duração? Quais as páginas em que navegam? etc…..
  2. Estudo Personalidades Digitais no Facebook que tipifica o comportamento e o perfil de navegação de um total de 20 Personas digitais construídas a partir da análise de mais de 360 marcas em 8 setores de atividade e da classificação e análise de mais de 1,5 milhões de comentários de cerca de 670 mil utilizadores do Facebook.
  3. Estudo Retrato Digital das PME Portuguesas 2018 que, a partir de respostas de cerca de 1.500 PME a um questionário online construído em torno de 5 dimensões analíticas, descreve o nível de maturidade digital deste segmento de empresas por setor de atividade, região, dimensão e antiguidade no mercado e, ao mesmo tempo, faz recomendações de boas práticas a adotar para melhorar a sua estratégia online.

Venha visitar o nosso stand, para saber mais sobre cada um deles e perceber como utilizamos a pegada digital como fonte de vantagem competitiva para o seu negócio!

Autora

Zélia Barroso – Responsável área PSE Research & Insights

ClickSummitEstratégia DigitalInfluenciadoresMarketing DigitalRedes SociaisTendências
[ Setembro 8, 2018 by clickadmin 0 Comments ]

Mudar as regras do jogo com Marketing de Influência – SocialPubli

CLICKSUMMIT_SOCIALPUBLI2

As redes sociais, inicialmente, nasceram para aproximar as pessoas e estar conectadas com seu ambiente. Mas o seu crescimento e popularidade levaram-nos a utilizar estes meios para ações que nem imaginávamos que fossem possíveis. Contudo, os tempos vão mudando, e enquanto as marcas ou influenciadores nos vão mostrando as suas vidas diariamente, não precisamos necessariamente de acreditar em tudo aquilo que anunciam.

E, apesar da qualidade do conteúdo, continuamos a acreditar mais no nossa rede de influência ou círculo de amigos e colegas do que nas marcas por si só. Assim, chegamos então a estas duas perguntas:

Quem são os influenciadores? E qual a sua importância?

O marketing, nos últimos anos, tem sido caracterizado por este termo “influenciadores“: certos bloggers, utilizadores das redes sociais ou criadores de conteúdo que têm a capacidade de alcançar milhares (senão milhões) de potenciais consumidores em cada uma das suas publicações.

Mas o público está cada vez mais exigente, e essa tendência de colaboração da marca influenciadora nas redes sociais está a causar uma super saturação pela forma como o conteúdo é criado. Especialmente porque o suporte ou a confiança que temos numa recomendação evoluiu, como nos mostra um recente relatório do Twitter .

Mas então … quem são os microinfluenciadores? E por que é que eles são a nova tendência?

Os microinfluenciadores são utilizadores de características similares aos influenciadores, mas com menos seguidores.
No entanto, podem chegar a ter mais influência, pois os seus seguidores são geralmente conhecidos e interagem mais com suas comunidades.

Estes microinfluenciadores atingem um impacto real nos seus seguidores (followers) e a mensagem que partilham e transmitem está a conseguir deslocar as formas tradicionais de publicidade.

Especialistas em nichos específicos e com um custo menor, têm um público menor, mas muito fervoroso, causando um maior compromisso e melhorando a taxa de engagement a vários níveis.

Cada vez estão mais presentes nos media, liderando estratégias de marca e escalando posições em redes sociais.

Então, se você tem uma marca, produto, ou serviço, e quer aproximar-se de um alvo e de um nicho de mercado específico, este é o momento perfeito para você saber quem eles são.

Os microinfluenciadores são uma das tendências de marketing que melhores resultados irão contribuir para sua estratégia e cuja chave está na sua rede de seguidores.

Já há muitos especialistas que indicam que se não é a melhor, é seguramente uma das melhores estratégias para comunicação de uma marca, produto, serviço ou evento.

 

CLICKSUMMIT_SOCIALPUBLI1

 

No ano 2018 aumentaram as marcas que incorporam esses profissionais na indústria digital nas suas campanhas. Escolher o que melhor se adapta à estratégia e ao produto e tentar estar presente em outros mercados (revistas, eventos ou outros tipos de media) para cobrir os maiores canais possíveis e impactar o utilizador que é o final do dia objetivo.

Um exemplo real:

O Bruno tem um BMW e na rua rede de influência tem mais 2 amigos que estão a pensar comprar um BMW. Um deles, é amigo de infância o outro, é um colega que já não vê à vários anos, contudo está ligado nas suas redes sociais e vão mantendo algum contacto.

A BMW, aposta nos diversos canais de comunicação focando sempre o benefício de ter um BMW e melhores características do produto, serviço pós-venda, etc. Nesta estratégia consegue impactar os amigos do Bruno, mas será que foi suficiente para os convencer? Mesmo apostando em Macro influenciadores ou celebridades? Ou será que a opinião de alguém que conhecem e que pode ser considerado um micro-influenciador é uma opinião com maior valor e mais segura?

É algo que as marcas têm que refletir..a utilização do Mix do Marketing de Influência bem feita, tem resultados brutais! Mas não podemos dizer que os Macro-influenciadores/Celebridades são os únicos ter capacidade de “conversão” e de influência. O poder dos micro-influenciadores é claro, porque são pessoas reais!

Grandes marcas como a Nike já apostam nos Micro-influenciadores como uma das ações recorrentes nas suas campanhas!

Mas, como posso encontrar Micro-influenciadores?
Bastante simples. Os Micro-influenciadores estão a espera que as marcas contactem e juntos façam campanhas win-win. Mas devido a amplitude das redes sociais e utilizadores que existem, é importante realizar este contacto através de uma plataforma especializada que, entre de outros benefícios, permita controlar a qualidade do conteúdo/publicações, obter reports em tempo real, e seja super simples! Aí entra em jogo a SocialPubli.com, que conta com mais de 50.000 influenciadores na sua plataforma e trabalha em 20 países superando uma audiência de 500 milhões de pessoas.

ClickSummitEstratégia DigitaleventosInfluenciadoresMarketing DigitalMobileRedes SociaisstorytellingTendênciasTrabalho
[ Agosto 10, 2018 by clickadmin 0 Comments ]

O que deve levar na mala para 2 dias de conferência

Imagine que se está a preparar para ir a uma conferência de 2 dias e começa a pensar no que não pode ficar de fora da mala que costuma levar para estas ocasiões. O que é que começa por fazer? Arrumar essa mesma mala, certo?

Se não é por aí que começa… então é melhor começar a rever o seu planeamento, porque este é, sem sombra de dúvidas, um ponto essencial na antecâmara da vinda a um grande evento.

Quem melhor do que alguns habitués em eventos para vos dizer o que devem ou não enfiar na vossa mala antes de saírem de casa?

André Novais de Paula, diretor criativo da DirectiMedia, e frequentador assíduo de eventos dá-nos alguns conselhos:

andre-novais-de-paula-clicksummit

“Para a População Geral, existem algumas coisas que não podem MESMO faltar:
– Smartphone – não levar o Smartphone para um evento destes é o mesmo que ir sem roupa. Toda a atividade que se pode potenciar nas Redes Sociais depende dele, por isso…
– Cartões de Visita – podem achar que já não são tão importantes assim, já que hoje em dia é tudo digital (e no CLICKSUMMIT até é possível gravar os contactos dos participantes directamente através do QR Code no Badge), mas eu não dispenso.
Além disso adoro o ritual de troca de cartões;
Powerbank – é preciso garantir que temos energia durante todo o dia;
– Carregador – mesmo levando um powerbank eu recomendo sempre levarem um carregador de telefone;
Bloco de Notas e Caneta – é importante tirar notas das pérolas que são partilhadas nas palestras (eu não preciso porque uso o Evernote;
 – Plano de Dados – eu nunca facilito e muito embora os eventos tenham wifi disponível, gosto de saber que se for necessário tenho dados suficientes para poder trabalhar”

Joana Rita Sousa, filósofa, pensadora e formadora, diz-nos que:

“Como é do conhecimento comum, as malas das senhoras transportam consigo este mundo e o outro. A minha não é exceção. Nos dias de eventos (académicos ou nem por isso) há objetos que simplesmente não podem ficar em casa:

– o iPhone é essencial, para registar as selfies com os participantes e ir fotografando alguns momentos;
– o iPad (que no meu caso se chama iNietzsche) é o meu aparelho preferido para aceder ao twitter e partilhar conteúdo com o resto do mundo;
– o powerbank e os cabinhos respetivos, para que não falte bateria nos momentos cruciais;
– um caderno e várias canetas também são fundamentais, pois há ideias que podem surgir e que não se podem perder;
cartões de visita, para dar um ar vintage no momento de networking.
Depois há aquelas coisas que não cabem na mala e que são fundamentais, enquanto participante num evento: a disponibilidade para ouvir e aprender, bem como o pensamento crítico afinado para colocar questões e contribuir para o diálogo. Ah, o sorriso e o humor, sempre!”

Então e o que leva na mala Pedro Rebelo, Digital Strategist do Governo?


“Na minha mala, sempre que vou a um evento como o CLICKSUMMIT, não pode faltar: – o meu telemóvel (ou melhor, os meus telemóveis, até porque por exigência profissional, não posso estar sem eles 🙂 );
headphones (porque a qualquer momento posso ter que atender o telefone e é muito menos intrusivo se o fizer com headphones);
– um powerbank (que me dê pelo menos 3 cargas) e os repetivos adaptadores; um caderno de apontamentos (porque há coisas que me parecem dignas de registo físico), uma caneta e cartões de visita. Por incrível que pareça, num mundo tão digitalizado, os cartões de visita são, ainda hoje, um elemento de grande valor em eventos que promovem o engajamento social. E um bocadinho de paciência também, porque por vezes é preciso paciência para se ouvir certas coisas…

Podemos já perceber que há alguns pontos em comum nestas primeiras respostas: smartphone, cartões de visita e powerbank, mas vamos tentar perceber se estes se repetem.

Daniela Cunha, Social Media & Digital Marketing Specialist elege o indispensável:

Smartphone, bloco de notas, caneta e PC.
Com o smartphone vou tirando notas, onde junto fotografias que tiro na hora às apresentações, também aproveito e vou logo ao LinkedIn procurar pessoas e adicioná-las à minha rede de contactos, etc..
O PC para alguns momentos específicos, nomeadamente se for necessário enviar algo para algum cliente;
O Bloco de notas e caneta como backup, para o caso de ficar sem bateria. Ahhh, esqueci-me dos cartões de visita e da Power Bank, claro.”

 

João Miguel Lopes, especialista em Transmedia Storytelling, conta-nos o que é que envolve o planeamento de uma vinda a um evento:

“Em primeiro lugar tento estabelecer, previamente, uma série de contactos com eventuais participantes no evento. Para quê? Para potenciar o encontro entre colegas e também potenciar o networking no local com pessoas com quem temos e mantemos contacto online. Quanto a equipamentos: Smartphone, claro, para capturar fotos e vídeos durante o evento e partilhá-los de forma constante nas minhas redes sociais e nas redes do evento são uma prática comum e recorrente.

Na mochila trago ainda o meu Mac 13”. É um companheiro inseparável, pois consigo sempre aproveitar alguns momentos para trabalhar.

Quanto a acessórios, powerbank, carregador de PC, bloco de notas e lápis, são fundamentais. A tecnologia facilita-nos a vida mas… às vezes falha!”

Por sua vez, Virgínia Coutinho, fundadora da Lisbon Digital School, para além do smartphone, da powerbank e do bloco, referido por todos os entrevistados, acrescenta um pormenor de que ninguém se lembrou:

“Um casaco de malha. Nunca se sabe como será o ar condicionado do auditório!”

E não é que é capaz de ser um dos melhores conselhos aqui deixados?

 

Se depois disto ainda não consegue decidir o que há de colocar na sua mala antes de sair de casa rumo a um evento de dois dias, tal como o CLICKSUMMIT (num exemplo perfeitamente imparcial), aqui fica um resumo do que nos foi dito pelos nossos craques em eventos:

O QUE NÃO PODE MESMO FALTAR NA SUA MALA NUM EVENTO DE 2 DIAS

– Smartphone
– Carregador
– Powerbank
– Cartões de visita

– Bloco de Notas
– Lápis ou caneta
Relógio analógico (este recomendamos nós, porque, como diz o João Miguel Lopes, a tecnologia facilita muito a nossa vida, mas também falha)
Calçado confortável (outra recomendação a nosso cargo)
– Energia! Sem dúvida que sem ela a sua participação no evento vai sair claramente prejudicada. Por isso, aproveite para dormir bem na noite anterior ao evento, vai ver que depois no vai agradecer o precioso conselho.

Agora é só fazer as malas, apontar ao próximo evento e preparar-se para brilhar + alto do que as estrelas!

Quanto a nós, esperamos por si, em outubro, no melhor CLICKSUMMIT de sempre.
Mala da conferência, Caneta, Bloco de notas, entre outros objectivos, são alguns dos items, que temos como oferta aos participantes em todas as edições com a preciosa ajuda da SIGNA como merchandising partner…portanto já não falta tudo 🙂

ClickSummitecommerceeventosMarketing DigitalTendênciaswebsummit
[ Agosto 6, 2018 by clickadmin 0 Comments ]

13 eventos imperdíveis para profissionais de Marketing e Vendas

Se há coisa que gostamos de cultivar no CLICKSUMMIT é, sem sombra de dúvida, o aumento da literacia digital no nosso país.
Foi precisamente a pensar nisso que resolvemos juntar esta lista com os 13 eventos imperdíveis na área do Marketing e das Vendas online, que passamos a apresentar já de seguida. Claro que não vai conseguir ir a todos, mas se puder escolher apenas um, então o nosso conselho é simples: escolha o CLICKSUMMIT, pois claro.

  1. CLICKSUMMIT

Aqui a motivação é tão óbvia que nem sequer precisamos de lhe estar a explicar grande coisa. São 2 dias de evento (10 e 11 de outubro), aproximadamente 500 pessoas, muita partilha de casos reais, de estratégias que resultaram e uma grande variedade de temas e oradores, e muito, mas mesmo muito networking. Um evento que todos os anos conta com surpresas e momentos inesquecíveis e que fazem do mesmo um dos principais eventos do setor no país.

Target: empreendedores, marketeers, CEO’s, Diretores de comunicação, Heads of Digital.

  1. THINK CONFERENCE

Paulo Faustino e Regina Santana voltaram a colocar Leiria no mapa digital português, com o sucesso da 2ª edição da THINK Conference. Aproximadamente 700 pessoas rumaram ao centro do país para assistir a 2 dias de conferência, mais de 30 oradores, e várias horas de partilha e aprendizagem. A THINK Conference tem a particularidade de se realizar de 2 em 2 anos. A próxima é em 2020.
Target: empreendedores e especialistas em Empreendedorismo, Marketing Digital, Redes Sociais e Startups.

  1. QSP SUMMIT

A QSP Summit realiza-se no Porto e afirma-se como uma das mais relevantes Conferências de Marketing e Gestão da Europa. As principais áreas de interesse são: ativação de marcas, design de produto, linguagem das marcas, proteção de dados, novas soluções tecnológicas, distribuição de conteúdos, inteligência artificial, digitalização da saúde, cultura organizacional e planos de marketing disruptivos.
A próxima edição será em Março de 2019.

Target: Dirige-se sobretudo a quadros de topo, executivos, administradores e diretores, decisores, marketeers.

  1. SHARE ALGARVE

O Algarve é o principal destino turístico do país e tem vindo a utilizar estratégias de marketing digital para o crescimento de negócios relacionados com a hotelaria e o turismo. É exatamente com essa ideia em mente, e com a vontade de colocar o Algarve no mapa digital português que surge o SHARE ALGARVE, pelas mãos de Rita Sampaio e Jorge Cabaço. A 3ª edição já tem data marcada: 1 e 2 de Fevereiro de 2019.

Target: Diretores de marketing, executivos, CEOs, empreendedores, diretores comerciais, profissionais da área do turismo e hotelaria, freelancers e estudantes.

  1. IMSHARE

Esta é uma das principais conferências nacionais no que diz respeito a gestão de informação e analytics. Este ano conheceu já a 4ª edição, que teve como temas: Marketing Intelligence, Data & Analytics e Digital Business.
Acontece, regra geral, no princípio do mês de junho, na Universidade Nova de Lisboa.

Target: Profissionais das áreas de Marketing Intelligence, Data & Analytics e Digital Business

  1. TUDO SOBRE E-COMMERCE

Este é um evento que se foca no ensino de tudo o que existe sobre o mercado das vendas online. Direciona-se a empreendedores que pretendem criar ou desenvolver um projeto de ecommerce de raiz. Por trás deste projecto está Vera Maia. A 2ª edição já tem data marcada para Maio do próximo ano.

Target: Account managers, marketing managers, digital managers, consultores, entre outros.

  1. ATUALIZA.TE

O ATUALIZA.TE quer assumir-se como uma fonte de partilha de visões e ferramentas acerca do mundo empresarial, com a comunidade académica, dadas por quem tem obtido sucesso dentro do mesmo, com vista a melhorar a produtividade e motivação dos estudantes do ensino superior. Realiza-se anualmente no auditório e espaço adjacente da Reitoria da Universidade de Aveiro e conta com cerca de 500 participantes.

Target: estudantes do ensino superior, empresários e profissionais dos mais variados sectores.

  1. CONFERÊNCIA DE MARKETING DIGITAL CENTRO NORTE DE PORTUGAL

Organizada pelo ISVOUGA, em Abril, esta conferência que conseguiu reunir cerca de 200 participantes, tem como objetivos específicos: Fornecer informação relevante sobre o setor, dar conta das últimas tendências, mostrar estudos de caso e insights, partilhados por alguns dos melhores especialistas no mercado nacional e internacional.

Target: docentes, estudantes, marketeers, consultores, entre outros.

  1. TEDX PORTO

Este é um evento diferente de todos os outros que pode encontrar no panorama nacional. Marcado por talks inspiradoras e movido a um combustível muito próprio – ideias capazes de mudar o mundo – o TEDx PORTO decorreu este ano na Casa da Música e contou com cerca de 1000 pessoas. O TEDx PORTO realiza-se anualmente desde 2010 e é já um evento de relevo nacional, tendo tido sempre, desde a sua primeira edição, casa cheia e oradores de renome nacional e internacional.

Target: não tem um target definido, pois qualquer pessoa com interesse nas temáticas debatidas no evento pode comprar o seu bilhete e estar presente no evento

  1. LISBON INVESTMENT SUMMIT

Uma conferência dedicada a startups, “surpreendentemente informal e ligeiramente inesperada”. É assim que a LIS se apresenta ao mundo.
Organizado pela Beta-i, este evento (que já vai na 7ª edição) reuniu, durante 2 dias (6 e 7 de Junho), investidores, startups e decisores, no Hub Creativo do Beato.

Target: investidores, empreendedores, consultores, CEOs, marketing managers, engenheiros, entre outros.

  1. WEBSUMMIT 

O monstro dos eventos. Não é à toa que se auto intitula, a maior conferência tecnológica do planeta. E vai ficar em Portugal por mais 10 anos.
Com uma audiência média de 59 mil pessoas, a WEBSUMMIT reúne estrelas de cinema, políticos, empreendedores, estrelas do desporto.
Enfim. É só escolher. Podemos dizer-lhe que, de acordo com os dados disponibilizados no site da PPLWARE, passaram pelo menos 1.200 oradores, sim, leu bem. Só jornalistas foram 2.600. Para além disso estiveram presentes 2.100 startups. Não há muito mais a dizer sobre um evento que se tornou mundialmente conhecido e que acontece no início do mês de Novembro.

Target: CEOs, administradores, executivos de topo, CTOs, consultores, engenheiros, empreendedores, investidores.

  1. BUSINESS TRANSFORMATION SUMMIT

“Um evento disruptivo, inovador, e, como o nome indica, capaz de contribuir positivamente para a transformação do modus operandi do tecido empresarial.”

Esta é a carta de apresentação do BUSINESS TRANSFORMATION SUMMIT, um evento organizado pelo CEGOC – escola de formação empresarial – e que decorre no princípio de outubro.

Target: executivos, empresários, team leaders, marketeers, entre outros.

13. UXLx: USER EXPERIENCE LISBON

Este é um evento referência em Portugal no que ao User Experience diz respeito.
São 4 dias de evento, num certame que se orgulho de trazer a Portugal a nata da indústria a nível mundial, reunindo participantes de cerca de 40 países diferentes.

Target: Profissionais de User Experience, Design, Usabilidade. Vastos CEOs, CTOs, Experience Managers, Head of Online Channels, Product e Project Managers, User Researchers, Visual Designers.

Esperamos sinceramente que esta lista possa servir de guia para o planeamento da sua presença em eventos até ao final de 2018 e durante o ano de 2019. Uma coisa é certa, pelo menos desta lista já não se esquece.

ClickSummitecommerceMarketing DigitalMobileTendências
[ Julho 18, 2018 by clickadmin 1 Comment ]

Portugueses continuam a não comprar online

Saiba que 68% dos portugueses continua a não fazer compras online?

Pois é. São estes os dados de um estudo recente levado a cabo pelo Observador Cetelem, em 2018, e que nos dão conta de uma realidade bem diferente daquela que muitas vezes julgamos existir.

68% dos portugueses nunca fez uma única compra através da internet. Zero. Nada de nada. O que significa que há quase 7 milhões de pessoas que podiam estar a comprar produtos pela net e… não o estão a fazer.

Talvez não seja descabido de todo pensar ou tentar encontrar uma justificação para estes números, e perceber o que é que pode ser feito para mudar esta realidade.

“As compras online estão a atrair cada vez mais adeptos. Seja no Laptop, PC, Tablet ou Smartphone, os portugueses ganham hábitos de mergulho nas lojas virtuais para fazerem as suas compras. Aquilo que há dez anos não era sequer uma alternativa apresenta hoje um crescimento sustentado, constituindo para muitos a primeira opção para compras.”

Este é o primeiro parágrafo do texto que serve de introdução aos números que depois são apresentados como ilustrativos da realidade do país.

Se é certo que o número de compradores online está a aumentar, também não é menos verdade que termos 68% da população a não fazer qualquer compra online não deixa de ser uma número elevado e que merece atenção.

Os números encontram algumas explicações mais à frente:

“No entanto, 68% ainda declaram não fazer compras através da Internet – os principais motivos parecem estar associados ao facto de Portugal ter uma população mais envelhecida, com menor possibilidade de acesso à tecnologia, em especial para aqueles que residem fora dos grandes centros urbanos, onde, adicionalmente, a cobertura de Internet é francamente mais limitada”

Obviamente que esta percentagem constitui um desafio muito interessante para as marcas que têm todo um mercado por explorar.

É certo e sabido que Portugal tem uma população muito envelhecida e que a mesma vai continuar a aumentar nos próximos anos.

[Nota: Há quase 4 mil pessoas com mais de 100 anos no nosso país]

Mas também é sabido que estamos a fazer várias tentativas para aproximar essa mesma população da tecnologia, como é prova recente a entrega do IRS exclusivamente via internet.

Aceda aqui ao relatório completo do Observador Cetelem para conhecer em pormenor as conclusões deste estudo sobre os hábitos de consumo online da população portuguesa.

Ah, e boas compras. Compre online. Vai ver que não custa nada e dá muito jeito.