Chat with us, powered by LiveChat
[ Julho 10, 2018 by clickadmin 0 Comments ]

ClickSummit ou WebSummit: A qual é que vou este ano?

(Antes de mais nada, um alerta que não é um spoiler: esta pergunta tem rasteira!)

É claro que recomendamos que esteja presente nos dois, mas se tiver mesmo, mesmo, mesmo de escolher entre o CLICKSUMMIT e o WebSummit, então escolha o nosso, claro está. =)
Contudo, queremos deixar a ressalva de que deve fazer tudo o que estiver ao seu alcance para estar presente nos 2 eventos, mesmo sabendo dos custos que esta decisão pode representar na sua carteira!

São ambos (e serão sempre) excelentes momentos de aprendizagem, convívio e networking. No fundo, têm tudo o que precisa para fazer mais e melhores negócios. Mas a diferença principal entre os dois eventos está no seu foco e naquilo que ambos têm para oferecer.
Mas vamos por partes:

  • a WebSummit é uma conferência assente no Empreendedorismo (temática vasta e extremamente abrangente), na Tecnologia e na Inovação, ao passo que o CLICKSUMMIT é um evento dedicado exclusivamente ao Marketing Digital e às Vendas Online;
  • o evento pensado e criado por Paddy Cosgrave é um evento MACRO, em todos os sentidos possíveis e imaginários.
    Desde o número de participantes ao preço dos bilhetes.
  • o CLICKSUMMIT é um evento de uma dimensão em nada comparável com a escala que se pode encontrar, desde 2016, no Parque das Nações, e por onde, a título de exemplo, só no ano passado passaram quase 60MIL pessoas.
    Este ano, para que se perceba, estamos a contar com 500 participantes. É um bocadinho diferente. Sobretudo num ponto que consideramos vital nos nossos eventos e para o qual muito trabalhamos: o convívio (vulgo networking) entre os participantes. Se nunca foi ao WebSummit pode tentar imaginar o que é encontrar alguém no meio de um área que vai desde a Altice Arena até ao final da FIL, e onde estão espalhadas as tais 60 mil pessoas.
  • E agora vamos a algo que costuma ter influência no nosso bolso. O estacionamento. Na WebSummit paga estacionamento em qualquer zona circundante ao Parque das Nações, pelo que ir de carro até lá não é de todo aconselhável. Já no CLICKSUMMIT 18‘ o estacionamento é GRATUITO! Isso mesmo. Leu bem. Grátis. À borlix. Custa bola. Não vai precisar de gastar 1 cêntimo que seja para trazer e deixar o seu carro aqui no LISPOLIS!!
  • Por último, mas não menos importante, uma coisa que achamos fundamental num bom evento: o coffee break! Na WebSummit – e quem já lá foi sabe que isto é absolutamente verdade -, com excepção do café tuga que é oferecido pela Delta, tudo o que quiser comer ou beber, tem de ser pago. Já nós fazemos questão de lhe oferecer 4 coffee breaks ao longo dos 2 dias de evento. Até porque ninguém consegue estar muito tempo a pensar e a assimilar informação e conhecimentos se não tiver a barriguinha bem reacuchutada.

Resumidamente, no ClickSummit apostamos numa componente técnica mais marcada, com oradores especializados, apresentando palestras sobre temas que se cruzam e acabam por se complementar, sendo que temos um evento direccionado para o Marketing Digital e para as Vendas Online. Já o WebSummit tem tudo e… mais alguma coisa, numa espécie de menu de degustação tecnológica que obriga a uma sábia e muito bem planeada gestão de calendário, de modo a que consiga estar exactamente onde quer, à hora que quer, para ver e ouvir quem quer ver e ouvir.

Uma das imagens de marca do nosso evento são mesmo as “talks” mais extensas – podem ter até 40 minutos – onde é possível aprofundar mais os temas e onde há, de facto, uma maior possibilidade de aprendizagem, e de retenção de conteúdos. Ah!! E já nos esquecíamos de falar no factor proximidade. É que no final de tudo ainda pode perfeitamente trocar ideias com os speakers, porque eles estão mesmo ali, à distância de um: “Olá, o meu nome é…. e gostei muito da sua palestra. Posso fazer-lhe uma pergunta?”. É tão simples quanto isto.

Apostamos no foco e temos uma agenda mais linear, embora com alguns momentos de opção, entre duas salas, mas que maioritariamente permite que todos os participantes estejam, na grande maioria dos momentos, todos sentados na mesma sala.

Relativamente ao tipo de público e de audiência dos dois eventos gostamos muito de pensar e de sentir que o ClickSummit já se tormou numa espécie de “comunidade”. Uma família que se reúne 1 vez por ano para partilhar experiências, metodologias e aprendizagens e muitas histórias.

O evento nasceu online e passou depois para uma versão “física”, offline, exactamente a pedido da sua audiência que fez questão de estar junta num mesmo espaço, aprofundando o contacto e a troca de experiências.
Isto permite contactos muito privilegiados e com um belíssimo potencial de sucesso. Já lhe tínhamos falado no foco?

E é claro que esta comunidade é tudo menos fechada, por isso, não hesite em juntar-se a ela garantindo desde já o seu lugar na melhor edição de sempre do CLICKSUMMIT!

Esperamos por si em Outubro aqui no Lispolis – Polo Tecnológico de Lisboa.

AboutÉlia Teixeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *