Chat with us, powered by LiveChat
ClickSummitEstratégia DigitaleventosInfluenciadoresMarketing DigitalRedes Sociaisspeaker
[ Agosto 8, 2018 by clickadmin 1 Comment ]

A importância de ser orador em conferências

Ser orador em conferências como o CLICKSUMMIT, por exemplo, ou noutra área totalmente diferente, em TED Talks, Webinars, Cimeiras, Simpósios, Congressos, e por aí fora, assume especial relevância para quem quer cimentar o crescimento da sua persona a nível digital, transpondo depois esse crescimento e esse aumento de notoriedade e relevância junto da sua própria rede de contactos, seja em que “rede” for.

Mas para que não sejamos nós a afirmá-lo, fomos tentar perceber junto de profissionais das áreas do Marketing Digital – e também eles oradores em conferências em Portugal e no Brasil – o que pensam eles sobre a importância de ser speaker em conferências no próprio país e que depois possam eventualmente vir a escalar a montanha para chegarem a oradores em conferências internacionais.

Luciano Larrossa, autor do livro Facebook para Negócios, editor do site Apptuts e orador em conferências quer em Portugal (já passou pelo CLICKSUMMIT), quer no Brasil, os dois países por onde divide a sua vida, tem uma opinião muito concreta:

“Vivemos num momento em que qualquer profissional de marketing pode usar as redes sociais para transformar o seu conhecimento na sua marca pessoal. Trabalhar a sua própria marca permite, não só, fortalecer o seu posicionamento no mercado mas também fazer testes de conteúdo e de anúncios. Trabalhar esta vertente é uma forma de demonstrar que não sabe apenas o conteúdo na teoria: que sabe aplicar de uma forma prática e que gere resultados.”

 

Na mesma linha de raciocínio, Pedro Caramez, especialista em LinkedIn, Formador e também ele orador em conferências em Portugal (já passou pelo CLICKSUMMIT), acredita que a mais valia associada a esta presença em palco como orador/moderador é inequívoca:

”Nos últimos anos, tenho realizado diversas intervenções públicas para boas audiências que acabam por ser um corolário do trabalho de formação e consultoria desenvolvido. Estes momentos reforçam, consolidam e engrandecem a nossa marca enquanto profissionais. A exposição pública é relevante e necessária para esta afirmação de força e crédito!”

Para quem quer construir uma carreira que inclua esta vertente de moderador/orador em eventos da sua área de trabalho, o caminho deve incluir coisas como:

– Tornar-se, de algum modo, um opinion maker/opinion leader dentro da sua área, nas redes sociais.
Pode parecer simples, mas não é. E não é simples porque é preciso construir uma personagem que seja reconhecida pelos únicos atores que decidem se somos ou não relevantes na área na qual estamos a produzir conteúdos: as pessoas que nos seguem, evidentemente;

– Construir uma comunidade local onde na qual passemos a ser uma referência e uma opinião valorizada;

– Debater questões, e partilhar conteúdo próprio ou de terceiros, que sejam relevantes para o público alvo, e que acrescentem algum valor à vida dessas pessoas;

Neste sentido, perguntámos a Catarina Cabral, Head of Marketing do TIMEOUT Market, como é que ela olha para este tema:

“O sucesso individual de cada um pode estar directamente relacionado com a forma como nos relacionamos e comunicamos com os nossos pares. Falar em público ajuda-nos precisamente a conquistar um espaço em que expomos as nossas ideias e formas de trabalhar. Se o fizermos bem, vão lembrar-se de nós. Pode ser bastante difícil no início, mas, como alguém (claramente bem mais experiente no assunto do que eu) me disse uma vez “fake it until you make it”. Além disso, participar em conferências e palestras também nos permite ir melhorando não só as nossas capacidades de comunicação, mas também os nossos conhecimentos. Queremos constantemente aprender mais, para podermos transmitir mais às pessoas, e isso é uma grande mais-valia.”

A gestão da carreira e o posicionamento que conferimos à mesma são temas cada vez mais em destaque.
Pedro Rebelo, Gestor e Agente de carreiras, não tem dúvidas relativamente à importância que a presença em eventos pode ter nesse posicionamento:

 

“Ser orador em conferências e evento, é partilhar emoções, valores e “know-how”.
A nossa marca pessoal sai naturalmente potenciada, e com isto acresce a responsabilidade de ser melhor e entregar cada vez mais valor nas palestras que damos, seja em que tipo de evento for.”

 

Não é só em Portugal que isto ganha especial relevância. Lá por fora o pensamento é o mesmo.
Janine Medeira, autora do blog Poupadinhos e com Vales, faz disto vida e diz-nos em poucas linhas, porque é que é tão importante ser orador em conferências:

 

“Para mim, marcar presença em conferências como o CLICKSUMMIT é um total reconhecimento do meu trabalho! Acho importante para a marca, porque além de acrescentar valor apresentá-la na maior conferência de marketing digital do país, enquanto oradora posso partilhar todos os conhecimentos que fui adquirindo ao longo dos anos e quem sabe inspirar pessoas.”

 

 

Daria Vodopianova, oradora em eventos e especialista em Personal Branding, tem uma visão muito clara sobre os benefícios que falar para uma audiência pode ter na construção de uma personalidade pública e na capacidade de influenciar um grupo grande de pessoas de uma só vez.

“Feito de forma inteligente, falar em público é uma ferramenta poderosíssima. Que outra oportunidade é que temos de alcançar tanta gente presente num mesmo espaço, com a nossa mensagem? Nas redes sociais a capacidade de reter a atenção das pessoas é muito menor, por isso, talvez não exista mesmo outra oportunidade de ser tão preponderante e escutado por tanta gente como numa presença em palco num evento. Acredito que falar em público é uma arte que tem de ser treinada. À medida que formos sendo capazes de partilhar mais e melhor conteúdo em palco, a nossa autoridade e marca pessoal vão crescer de forma orgânica.”

 

Rita Sampaio, diretora de Marketing e co-fundadora do SHARE Algarve, tem também experiência não só como oradora, mas também como organizadora de um evento:

“As decisões mais importantes para um organizador de uma Conferência prendem-se com os oradores. Muitas questões surgem na altura de compor um programa: “Será que irá trazer conteúdo útil e relevante para a audiência?”, “Conseguirá criar empatia, e comunicar eficazmente”, “Tem uma boa presença em palco?”, “Será suficientemente popular ou influente, para acrescentar valor ao meu cartaz, e trazer mais público?”. Se foi convidado para ser orador numa Conferência é porque a sua carreira, e a sua marca pessoal, comprovaram que o organizador respondeu positivamente a todas estas questões. Os meus sinceros PARABÉNS!”

 

Por último quisemos saber o que pensa o nosso mentor e fundador, Frederico Carvalho, sobre esta temática.
Para o fundador do CLICKSUMMIT esta questão é bastante simples:

“A melhoria contínua não tem fim, e ao longo dos anos enquanto facilitador de aprendizagem em formações na área digital e na curadoria de 5 edições do CLICKSUMMIT com mais de 150 oradores, posso dizer que um dos pontos principais em que falar em público traz melhorias é na habilidade e capacidade de perceber as reações das pessoas à mensagem que se quer passar. Partilhar o conhecimento em conferências ajuda a melhorar o seu conhecimento, já que é preciso estruturar o pensamento e um bom discurso informativo, partilhando o seu conhecimento com o público, aumenta drasticamente a auto-confiança e a habilidade em comunicar com os outros.”

 

Deu para perceber porque é que é tão importante ser orador em conferências, seja onde for?

Esperamos sinceramente que este texto tenha ajudado a compreender a relevância que esta participação pode assumir na sua carreira.

ClickSummitecommerceeventosMarketing DigitalTendênciaswebsummit
[ Agosto 6, 2018 by clickadmin 0 Comments ]

13 eventos imperdíveis para profissionais de Marketing e Vendas

Se há coisa que gostamos de cultivar no CLICKSUMMIT é, sem sombra de dúvida, o aumento da literacia digital no nosso país.
Foi precisamente a pensar nisso que resolvemos juntar esta lista com os 13 eventos imperdíveis na área do Marketing e das Vendas online, que passamos a apresentar já de seguida. Claro que não vai conseguir ir a todos, mas se puder escolher apenas um, então o nosso conselho é simples: escolha o CLICKSUMMIT, pois claro.

  1. CLICKSUMMIT

Aqui a motivação é tão óbvia que nem sequer precisamos de lhe estar a explicar grande coisa. São 2 dias de evento (10 e 11 de outubro), aproximadamente 500 pessoas, muita partilha de casos reais, de estratégias que resultaram e uma grande variedade de temas e oradores, e muito, mas mesmo muito networking. Um evento que todos os anos conta com surpresas e momentos inesquecíveis e que fazem do mesmo um dos principais eventos do setor no país.

Target: empreendedores, marketeers, CEO’s, Diretores de comunicação, Heads of Digital.

  1. THINK CONFERENCE

Paulo Faustino e Regina Santana voltaram a colocar Leiria no mapa digital português, com o sucesso da 2ª edição da THINK Conference. Aproximadamente 700 pessoas rumaram ao centro do país para assistir a 2 dias de conferência, mais de 30 oradores, e várias horas de partilha e aprendizagem. A THINK Conference tem a particularidade de se realizar de 2 em 2 anos. A próxima é em 2020.
Target: empreendedores e especialistas em Empreendedorismo, Marketing Digital, Redes Sociais e Startups.

  1. QSP SUMMIT

A QSP Summit realiza-se no Porto e afirma-se como uma das mais relevantes Conferências de Marketing e Gestão da Europa. As principais áreas de interesse são: ativação de marcas, design de produto, linguagem das marcas, proteção de dados, novas soluções tecnológicas, distribuição de conteúdos, inteligência artificial, digitalização da saúde, cultura organizacional e planos de marketing disruptivos.
A próxima edição será em Março de 2019.

Target: Dirige-se sobretudo a quadros de topo, executivos, administradores e diretores, decisores, marketeers.

  1. SHARE ALGARVE

O Algarve é o principal destino turístico do país e tem vindo a utilizar estratégias de marketing digital para o crescimento de negócios relacionados com a hotelaria e o turismo. É exatamente com essa ideia em mente, e com a vontade de colocar o Algarve no mapa digital português que surge o SHARE ALGARVE, pelas mãos de Rita Sampaio e Jorge Cabaço. A 3ª edição já tem data marcada: 1 e 2 de Fevereiro de 2019.

Target: Diretores de marketing, executivos, CEOs, empreendedores, diretores comerciais, profissionais da área do turismo e hotelaria, freelancers e estudantes.

  1. IMSHARE

Esta é uma das principais conferências nacionais no que diz respeito a gestão de informação e analytics. Este ano conheceu já a 4ª edição, que teve como temas: Marketing Intelligence, Data & Analytics e Digital Business.
Acontece, regra geral, no princípio do mês de junho, na Universidade Nova de Lisboa.

Target: Profissionais das áreas de Marketing Intelligence, Data & Analytics e Digital Business

  1. TUDO SOBRE E-COMMERCE

Este é um evento que se foca no ensino de tudo o que existe sobre o mercado das vendas online. Direciona-se a empreendedores que pretendem criar ou desenvolver um projeto de ecommerce de raiz. Por trás deste projecto está Vera Maia. A 2ª edição já tem data marcada para Maio do próximo ano.

Target: Account managers, marketing managers, digital managers, consultores, entre outros.

  1. ATUALIZA.TE

O ATUALIZA.TE quer assumir-se como uma fonte de partilha de visões e ferramentas acerca do mundo empresarial, com a comunidade académica, dadas por quem tem obtido sucesso dentro do mesmo, com vista a melhorar a produtividade e motivação dos estudantes do ensino superior. Realiza-se anualmente no auditório e espaço adjacente da Reitoria da Universidade de Aveiro e conta com cerca de 500 participantes.

Target: estudantes do ensino superior, empresários e profissionais dos mais variados sectores.

  1. CONFERÊNCIA DE MARKETING DIGITAL CENTRO NORTE DE PORTUGAL

Organizada pelo ISVOUGA, em Abril, esta conferência que conseguiu reunir cerca de 200 participantes, tem como objetivos específicos: Fornecer informação relevante sobre o setor, dar conta das últimas tendências, mostrar estudos de caso e insights, partilhados por alguns dos melhores especialistas no mercado nacional e internacional.

Target: docentes, estudantes, marketeers, consultores, entre outros.

  1. TEDX PORTO

Este é um evento diferente de todos os outros que pode encontrar no panorama nacional. Marcado por talks inspiradoras e movido a um combustível muito próprio – ideias capazes de mudar o mundo – o TEDx PORTO decorreu este ano na Casa da Música e contou com cerca de 1000 pessoas. O TEDx PORTO realiza-se anualmente desde 2010 e é já um evento de relevo nacional, tendo tido sempre, desde a sua primeira edição, casa cheia e oradores de renome nacional e internacional.

Target: não tem um target definido, pois qualquer pessoa com interesse nas temáticas debatidas no evento pode comprar o seu bilhete e estar presente no evento

  1. LISBON INVESTMENT SUMMIT

Uma conferência dedicada a startups, “surpreendentemente informal e ligeiramente inesperada”. É assim que a LIS se apresenta ao mundo.
Organizado pela Beta-i, este evento (que já vai na 7ª edição) reuniu, durante 2 dias (6 e 7 de Junho), investidores, startups e decisores, no Hub Creativo do Beato.

Target: investidores, empreendedores, consultores, CEOs, marketing managers, engenheiros, entre outros.

  1. WEBSUMMIT 

O monstro dos eventos. Não é à toa que se auto intitula, a maior conferência tecnológica do planeta. E vai ficar em Portugal por mais 10 anos.
Com uma audiência média de 59 mil pessoas, a WEBSUMMIT reúne estrelas de cinema, políticos, empreendedores, estrelas do desporto.
Enfim. É só escolher. Podemos dizer-lhe que, de acordo com os dados disponibilizados no site da PPLWARE, passaram pelo menos 1.200 oradores, sim, leu bem. Só jornalistas foram 2.600. Para além disso estiveram presentes 2.100 startups. Não há muito mais a dizer sobre um evento que se tornou mundialmente conhecido e que acontece no início do mês de Novembro.

Target: CEOs, administradores, executivos de topo, CTOs, consultores, engenheiros, empreendedores, investidores.

  1. BUSINESS TRANSFORMATION SUMMIT

“Um evento disruptivo, inovador, e, como o nome indica, capaz de contribuir positivamente para a transformação do modus operandi do tecido empresarial.”

Esta é a carta de apresentação do BUSINESS TRANSFORMATION SUMMIT, um evento organizado pelo CEGOC – escola de formação empresarial – e que decorre no princípio de outubro.

Target: executivos, empresários, team leaders, marketeers, entre outros.

13. UXLx: USER EXPERIENCE LISBON

Este é um evento referência em Portugal no que ao User Experience diz respeito.
São 4 dias de evento, num certame que se orgulho de trazer a Portugal a nata da indústria a nível mundial, reunindo participantes de cerca de 40 países diferentes.

Target: Profissionais de User Experience, Design, Usabilidade. Vastos CEOs, CTOs, Experience Managers, Head of Online Channels, Product e Project Managers, User Researchers, Visual Designers.

Esperamos sinceramente que esta lista possa servir de guia para o planeamento da sua presença em eventos até ao final de 2018 e durante o ano de 2019. Uma coisa é certa, pelo menos desta lista já não se esquece.