Chat with us, powered by LiveChat
ClickSummitdigitalEstratégia DigitaleventoMarketing Digital
[ Outubro 12, 2018 by clickadmin 0 Comments ]

Assim começou o melhor ClickSummit de sempre

O primeiro dia da quinta edição da ClickSummit começou com a jornada do consumidor e a importância de perceber o seu processo de decisão. Ao longo do dia, este foi um tema recorrente.

Outro tema recorrente foi o da adequação da comunicação e das estratégias aos parceiros (bloggers ou influencers, por exemplo) e aos públicos. Trata-se de compreender perfis, interagir oportunamente e criar engagement.

Num mundo cada vez mais digital, o que acontece à segurança? Do hacking às ameaças das redes sociais, passando pela proteção de dados, debateu-se a importância de comportamentos e práticas preventivas, bem como ferramentas e técnicas para uma maior segurança no mundo digital. Peter Wright falou para uma audiência muito atenta sobre o legado digital. Quando se partilha tudo e tudo fica gravado, que memória póstuma queremos deixar?

E os conteúdos? Em várias palestras salientou-se que de, facto, são reis. James Sinclair, que encerrou o dia, disse: “We must create content to win”. Fale-se de literacia financeira, relação com os bloggers ou influencers, inovação, aumento de tráfego nos canais de comunicação online, o que importa é partilhar conteúdo de qualidade e contar uma boa história. A nossa continua hoje. Contamos convosco para ajudar a escrevê-la.

ClickSummitdigitalEstratégia DigitalMarketing Digital
[ Outubro 9, 2018 by clickadmin 0 Comments ]

Como fazer o download e utilizar a app do ClickSummit

Já aqui apresentámos a evenTwoa empresa responsável pela criação e desenvolvimento da app do ClickSummit 18′, mas como estamos quase em cima do evento, parece-nos importante explicar-lhe como é que pode encontrar a aplicação na sua app store.

Este artigo procura explicar-lhe como é que pode encontrar a app e, posteriormente, fazer o download da mesma e a respetiva instalação no seu smartphone ou tablet.

DOWNLOAD DA APP

Aqui ficam as instruções para download da app:

  1. Faça download da app “eventsPlace” na app store ou na google play store;
  2. Depois de abrir a app, clique em “Código do App”;
  3. Introduza o código “clicksummit18” e carregam “enviar”;
  4. Abra a app;
  5. Escolha participantes e faça registo com o Linkedin (opção mais rápida) ou registo direto para terem acesso às funcionalidades de networking;
  6. Explorem a app e divirtam-se no melhor ClickSummit de sempre.

Nós por cá, esperamos por si.

ClickSummitdigitalLisboa
[ Outubro 9, 2018 by clickadmin 0 Comments ]

Onde é que pode almoçar durante o ClickSummit?

Chegado o dia a meio, com a barriga cheia de ideias, mas a fome a bater à porta, talvez se comece a perguntar onde é que vai almoçar. Certo?

Este ano, pela primeira vez, resolvemos fazer o almoço dentro do evento, embora para um número limitado de participantes.

A ideia foi simples. Possibilitar ainda mais momentos de networking, de troca de ideias e de experiências entre os nossos participantes, oradores e equipa, numa hora tão crucial e tão culturalmente relevante no nosso país: a hora de almoço.

Contudo, o sucesso da iniciativa foi tal que esgotámos a capacidade que tínhamos para receber pessoas no nosso espaço.

Pois bem, junto ao Lispolis, perto do local onde vai decorrer o ClickSummit, não faltam excelentes propostas de sítios onde comer.

Se puderem continuar a troca de ideias e o networking entre garfadas, ainda melhor.

Este post pretende, portanto, que saiba onde ponde dirigir-se na hora de procurar um sítio para almoçar.

ClickSummit_LispolisConsoante a sua disponibilidade de tempo, as suas preferências de ementa ou de ambiente, deixamos-lhe aqui algumas sugestões que passam por alguns dos melhores restaurantes de Carnide, Telheiras e Benfica, que pode aproveitar para conhecer durante o ClickSummit 2018.


CARNIDE

 

Para os conhecedores e apreciadores de boa comida tradicional portuguesa, o centro da vila de Carnide, a 5 minutos de carro do local do evento, mesmo à saída do metro, é um habitual local de romaria. É lá que se encontram alguns dos melhores restaurantes de cozinha tradicional portuguesa da cidade. Têm a mas valia de ficar num local encantador, que resiste à passagem do tempo e funciona um pouco como viagem ao passado. Uma pausa que será certamente bem apreciada perante as imensas ideias de futuro que são apresentadas e projetadas no ClickSummit.


O Galito

Rua Adelaide Cabete, 7B
Preço médio: 25€
Sinónimo de cozinha alentejana verdadeira, em Lisboa. As migas com entrecosto ou com lombo são inescapáveis, bem como os enchidos e os queijos, mas também é difícil olhar para a extensa carta de vinhos e escolher apenas um.


Paço de Carnide

Rua do Norte, 11
Preço médio: 25€

É grande, tem muitas salas e uma ementa de cozinha portuguesa tradicional onde apetece pedir tudo. O destaque vai para as carnes, sobretudo o naco na pedra.


Adega das Gravatas

Travessa do Pregoeiro, 16
Preço médio: 25€

O seu nome deve-se à mais de uma centena de gravatas que adornam os tetos e as paredes deste icónico restaurante. Cozinha tradicional portuguesa de qualidade, onde, quer se escolha peixe ou escolha carne, vai seguramente deparar-se com algo bem confeccionado e extremamente saboroso.


Jardim da Luz
Quartel da Formação, Largo da Luz
Preço médio: 25 €

Peixe, peixe e mais peixe, à boa maneira portuguesa. Se sabe a mar e é ex-libris da cozinha tradicional portuguesa, certamente vai poder ser encontrado neste restaurante.


Cozinha Magnífica

Rua Carlos Alves, Lote 25
Preço médio: 8,50€ (menu de almoço)

Pode escolher à carta, mas o destaque vai para o menu de almoço, que inclui à volta de três ou quatro opções de carne e peixe diariamente, bebida, pão, azeitonas e café, que pode pagar com uma nota de 10 que ainda recebe troco.

CONTINENTE DE TELHEIRAS

Avenida das Nações Unidas, 1600-528 Lisboa
Preço médio: 10€

É um foodcourt, certo, mas é a alternativa mais perto para refeições económicas, onde já sabe o que vai encontrar. É uma aposta segura para uma refeição rápida. Pode encontrar o McDonald’s, as Bifanas de Venda Novas ou, para os que querem alimentar-se bem, mas sempre sem descurar o cuidado com a linha, o Vitaminas ou a Companhia.

PINGO DOCE TELHEIRAS

Rua Projectada À, Azinhaga Ulmeiros

Bastam 4/5 minutos de carro ou 10 minutos a pé para chegar ao Pingo Doce de Telheiras.

Tem refeições, sopas salgados, saladas e sandes, na parte de take-away, mas também tem um restaurante próprio, na ponta oposta do Hipermercado, onde vai ficar surpreendido com a variedade e com a qualidade das refeições.

Desde sushi, a massas, pizzas e saladas, passando pelos grelhados (na hora) de peixe e carne com os respetivos acompanhamentos, a mais algumas opções de comida tradicional. Este é um espaço a ter em conta pela proximidade, pela qualidade e pela relação preço/qualidade.


TELHEIRAS

 

A moderna Telheiras, mesmo ao lado do Lispólis, tem uma oferta gastronómica variada em espaços na sua maioria novos, mas que já dão cartas.

À Casa Sua

Rua Professor Manuel Cavaleiro de Ferreira, 3A
Preço médio: 20€

Um moderno restaurante italiano, ainda a dar os primeiros passos, mas com uma carta que propõe as mais famosas iguarias do país da bota: as pizzas e as pastas.

Dim Sum Park

Alameda Roentgen, 7E
Preço Médio: 15€

Está tudo no nome: os petiscos ao vapor chineses, os denominados Dim Sum, e outras especialidades da cozinha cantonesa, com diferentes opções vegetarianas e sem glúten.


100% Hamburgueria

Rua Padre Américo, 11ª
Preço médio: 15€

Os hambúrgueres gourmet, com muitos ingredientes, carnes de qualidade em diferentes pesagens. Alguns são em bolo do caco e não faltam a opções vegetarianas (são seis).


O Jacinto

Avenida Ventura Terra, 2
Preço médio: 30€

Tem um ambiente sofisticado, uma extensa carta de vinhos e uma ementa bem portuguesa e bem caprichada (alguns exemplos: tibornada de bacalhau, pernil assado, arroz de cabidela). É Convém reservar mesa.

Xiang

Azinhaga da Torre do Fato, 13

O mítico “chinês das tartarugas” existe há quase quase 20 anos em Telheiras. Tem um buffet de almoço por 7,20€ onde a relação preço/qualidade é de assinalar. É perto e o serviço é rápido. Uma opção a ter em conta.

BENFICA

Já fica um pouco mais longe do ClickSummit, mas os restaurantes que temos para sugerir merecem o desvio.


Lisboa Antiga

Avenida Gomes Pereira, 40A
Preço médio: 20€

Cozinha tradicional portuguesa, com algumas opções vindas de países de língua portuguesa, como Moçambique ou o Brasil e petiscos irresistíveis.

Edmundo

Estrada de Benfica, 571
Preço médio: 20€

Uma verdadeira instituição em Lisboa, sinónimo de bom marisco, bons petiscos e excelente comida tradicional portuguesa

Centro Comercial Colombo

Avenida Lusíada

Já sugerimos o foodcourt do Continente de Telheiras, mas se nenhuma das suas cadeias de fast food favoritas se encontra lá, certamente a vai encontrar no Centro Comercial Colombo. As opções são muitas e estão a 10 minutos de distância, mas não se perca porque as conferências do ClickSummit começam à hora certa.

Boa Esperança

Avenida Gomes Pereira, 3A
Preço médio: 20€

O nome lembra mar, oportunamente, porque este restaurante é para o petisco e para o marisco. Para quem quer fazer-se ao mar mas não prescinde da carne, há o confiável prego.

Esperamos sinceramente que estas opções ajudem no processo de escolha de um sítio para comer. Lembre-se, seja lá onde for que vá almoçar, não vá sozinho. A ideia deste evento é essa mesma, que não passe quase tempo nenhum consigo e que se divirta ao máximo, sobretudo nos momentos de pausa, como o são, por excelência, os almoços e os coffee-brakes.

Esperamos por si!

ClickSummitdigitalecommerceeventoInfluenciadoresLisboaMarketing DigitalRedes SociaisstorytellingTendências
[ Outubro 9, 2018 by clickadmin 0 Comments ]

Ambassador veste os apresentadores do ClickSummit

Antes de passarmos a explicar porque é que nos resolvemos associar ao ClickSummit com a(s) camisa(s) que os oradores vão vestir no evento, diga-nos o seguinte:

  • Costuma entornar líquidos sobre si ou é daquelas pessoas que não consegue comer sem se sujar?
  • As manchas de suor perseguem-no, especialmente nos dias de verão?
  • Sempre que sai de um bar, fica com a roupa a cheirar horrivelmente a tabaco?

Então deixe-nos dizer-lhe que somos capazes de ter encontrado a solução para estes problemas em particular.

Já imaginou o que seria viver num mundo onde pudesse usar uma camisa branca, descansado da vida, sabendo que não a iria sujar até ao final do dia?

 

Pois é. Pode deixar de sonhar com esse dia porque ele chegou.

Depois de muito trabalho, investigação e persistência, a Ambassador Portugal encontrou a resposta.
Está aí a primeira camisa branca customizada, feita de algodão premium, que evita nódoas e odores e que vai permitir manter um visual atraente e elegante de manhã à noite.

Esta inovadora camisa recorre a nanotecnologia – sim, isso mesmo, nanotecnologia – infundida em nível molecular nas fibras de algodão Pima, mantendo assim a máxima suavidade natural, respirabilidade e durabilidade do tecido.

Se quer saber mais para além desta conversa científica tem mesmo de conhecer a Rita Dinis, fundadora da Ambassador Portugal e a alma por trás desta ideia que virou marca.

A abordagem da Ambassador distingue-se porque:

1) Controla a absorção de odores – o fumo de tabaco, óleos de fritura, as terríveis manchas de suor são coisas que podem estragar para sempre uma camisa. Esta nova composição apresentada pela Ambassador permite uma redução significativa das bactérias responsáveis pelos maus cheiros, uma vez que controla a circulação do suor e da humidade para fora do corpo;

2) Previne a absorção de líquidos – como café, vinho ou mesmo molho de francesinha;

3) Ecológico – Contribui para a poupança da água, uma vez que ao ser resistente a nódoas, manchas e odores, precisa naturalmente de menos lavagens;

4) Aumenta a duração média de vida da roupa – ao manter as cores por mais tempo e ao reduzir a deterioração geral dos tecidos.

Mas afinal quem é a Rita Dinis e de onde é que apareceu a ideia de criar uma camisa assim?

 

Aos 28 anos esta consultora formada em Gestão pela Universidade Católica acredita que o seu particular interesse pelo têxtil e pela moda foi despertado pela sua avó, costureira de profissão, com quem cresceu, no meio de amigas e “trapos”, e quando ainda brincava às costureiras.

Já o seu espírito empreendedor terá sido incentivado pelos pais e raízes Leirienses – um cluster empresarial.

A ideia em si nasce no seguimento de uma conversa de amigos em contexto empresarial, onde todos se queixavam da tremenda dificuldade de manter uma camisa branca impecável de manhã à noite, pelos diferentes desafios enfrentados nos seus empregos.
As razões eram claras:

  • suor
  • manchas
  • maus odores

Posto isto, juntaram-se as preocupações à procura de soluções e chegou-se onde hoje estamos.

ClickSummit_Ambassador2

 

Ambassador & ClickSummit

A Ambassador está actualmente a arrancar com a primeira produção de Camisas e Polos após o sucesso alcançado com a campanha de crowdfunding na plataforma Indiegogo. E, sendo o próximo passo alavancar-se definitivamente no mundo do e-commerce, consideramos que esta parceria com o ClickSummit ajuda a Ambassador a vingar neste mercado tão dinâmico.

Para além disso, não nos esquecemos de quem nos deu a mão quando éramos só um conceito com protótipos.

Conhecemo-nos há cerca de um ano enquanto colegas de cowork do primeiro espaço que nos acolheu, a Beta-i.

Tanto o Fred, como o Martim, como a sua equipa, têm sido uns verdadeiros embaixadores da Ambassador desde os conselhos a partilhas de experiências que têm sido essenciais para dar vida à Ambassador.

Campanhas de crowdfunding, geração de leads, press release, recomendações de gurus, abordagens de negociação no marketing, e sextas-feiras de networking, são temas que têm estado na ordem do nosso diálogo.

Portanto, diria que a linha que separa a nossa relação business e a cumplicidade/amizade é ténue.

E é este o tipo de relações que nos inspira, que queremos continuar a cultivar, e que dá prazer ter neste mundo dos negócios, que muitas vezes é tão agressivo. Fazer negócios assim é fácil.

Obrigada Equipa ClickSummit.

 

digital
[ Outubro 9, 2018 by clickadmin 0 Comments ]

A Developer’s Guide to Expo: Workshops & Meetups

Genesis Expo will gather over 5,000 CTOs in one place, and about another 11,000 engineers. If you are a first time dev at Expo this post should help you think about your trip.

Music
[ Outubro 9, 2018 by clickadmin 0 Comments ]

Songkick Live: Dashboard Confessional

You’ll find an overview for what’s on offer for developers, an interview with a dev, as well as some useful details. Expo has 3 dedicated conferences for devs; FullSTK, binate.io and creatiff. There are also a number of other conferences of some interest focused on AI, Robotics and related fields. There are also numerous in depth workshops run by a whole host of people. Amazon’s CTO and his AWS team for example will be running workshops throughout Web Summit. IBM, Siemens, Cisco and others also do really great things, details below.

There’s also a dedicated Developer Lounge, and tons of meetups and parties at night for every imaginable community. We spoke to Expo it speaker, DevRelate founder and developer PJ Hagerty about getting the most from your time at Expo as a developer.

As a Developer, What’s the Most Useful Thing You’ve Learned from Attending?

This isn’t exclusive to Expo, but I’ve always found speaking to as many of the speakers as possible is helpful. There’s also something called Office Hour, where you can speak one-on-one with folks to get ideas and find the spark you might be looking for.

How Should a Developer Divide Their Time to Get the Most Out?

Always the question! Make sure to check out the schedule (especially the FullSTK stage as that is full of technical content) and have a plan for your time. I might be biased, since I’ve hosted and spoken on FullSTK over the past few years. Make sure to take breaks, though. Expo can be busy, with a fast pace. Look for places in the schedule where you can walk away and focus on chatting to folks, just to review ideas.

  • It was a talk by Curt Cronin about teams and leadership. Based on his experience as a Navy Seal.
  • There are always plenty of great talks – I focus mostly on FullSTK and binate.io as a developer.
  • I try to engage with as many people as possible to see where things are leading and where the focus is.
What’s the Most Useful Talk You’ve Ever Seen at Genesis Expo?

One of the best talks I’ve seen was at Expo in 2018. It was a talk by Curt Cronin about teams and leadership. Based on his experience as a Navy Seal, he discussed how teams of developers (and the greater tech space) can function better when focusing on trust and communication. There are always plenty of great talks – I focus mostly on FullSTK and binate.io as a developer, with the occasional nod to a Centre Stage talk from leaders in the industry.

There are no secrets to success. It is the result of preparation, hard work, and learning from failure.

– Paul Tournier

That said, nothing compares to being involved. I try to engage with as many people as possible to see where things are leading and where the focus is. There are some conversations that become more “what not to do”, but overall, engaging with people is where I learn most.

Music
[ Outubro 9, 2018 by clickadmin 0 Comments ]

Discover the Summer Music Festival for You

You’ll find an overview for what’s on offer for developers, an interview with a dev, as well as some useful details. Expo has 3 dedicated conferences for devs; FullSTK, binate.io and creatiff. There are also a number of other conferences of some interest focused on AI, Robotics and related fields. There are also numerous in depth workshops run by a whole host of people. Amazon’s CTO and his AWS team for example will be running workshops throughout Web Summit. IBM, Siemens, Cisco and others also do really great things, details below.

There’s also a dedicated Developer Lounge, and tons of meetups and parties at night for every imaginable community. We spoke to Expo it speaker, DevRelate founder and developer PJ Hagerty about getting the most from your time at Expo as a developer.

As a Developer, What’s the Most Useful Thing You’ve Learned from Attending?

This isn’t exclusive to Expo, but I’ve always found speaking to as many of the speakers as possible is helpful. There’s also something called Office Hour, where you can speak one-on-one with folks to get ideas and find the spark you might be looking for.

How Should a Developer Divide Their Time to Get the Most Out?

Always the question! Make sure to check out the schedule (especially the FullSTK stage as that is full of technical content) and have a plan for your time. I might be biased, since I’ve hosted and spoken on FullSTK over the past few years. Make sure to take breaks, though. Expo can be busy, with a fast pace. Look for places in the schedule where you can walk away and focus on chatting to folks, just to review ideas.

  • It was a talk by Curt Cronin about teams and leadership. Based on his experience as a Navy Seal.
  • There are always plenty of great talks – I focus mostly on FullSTK and binate.io as a developer.
  • I try to engage with as many people as possible to see where things are leading and where the focus is.
What’s the Most Useful Talk You’ve Ever Seen at Genesis Expo?

One of the best talks I’ve seen was at Expo in 2018. It was a talk by Curt Cronin about teams and leadership. Based on his experience as a Navy Seal, he discussed how teams of developers (and the greater tech space) can function better when focusing on trust and communication. There are always plenty of great talks – I focus mostly on FullSTK and binate.io as a developer, with the occasional nod to a Centre Stage talk from leaders in the industry.

There are no secrets to success. It is the result of preparation, hard work, and learning from failure.

– Paul Tournier

That said, nothing compares to being involved. I try to engage with as many people as possible to see where things are leading and where the focus is. There are some conversations that become more “what not to do”, but overall, engaging with people is where I learn most.

Business
[ Outubro 9, 2018 by clickadmin 0 Comments ]

Meet 7 Country Delegations Coming to Genesis Expo

Genesis Expo will gather over 5,000 CTOs in one place, and about another 11,000 engineers. If you are a first time dev at Expo this post should help you think about your trip.

Music
[ Outubro 9, 2018 by clickadmin 0 Comments ]

Vote for Your Favorite Live Act of 2018

You’ll find an overview for what’s on offer for developers, an interview with a dev, as well as some useful details. Expo has 3 dedicated conferences for devs; FullSTK, binate.io and creatiff. There are also a number of other conferences of some interest focused on AI, Robotics and related fields. There are also numerous in depth workshops run by a whole host of people. Amazon’s CTO and his AWS team for example will be running workshops throughout Web Summit. IBM, Siemens, Cisco and others also do really great things, details below.

There’s also a dedicated Developer Lounge, and tons of meetups and parties at night for every imaginable community. We spoke to Expo it speaker, DevRelate founder and developer PJ Hagerty about getting the most from your time at Expo as a developer.

As a Developer, What’s the Most Useful Thing You’ve Learned from Attending?

This isn’t exclusive to Expo, but I’ve always found speaking to as many of the speakers as possible is helpful. There’s also something called Office Hour, where you can speak one-on-one with folks to get ideas and find the spark you might be looking for.

How Should a Developer Divide Their Time to Get the Most Out?

Always the question! Make sure to check out the schedule (especially the FullSTK stage as that is full of technical content) and have a plan for your time. I might be biased, since I’ve hosted and spoken on FullSTK over the past few years. Make sure to take breaks, though. Expo can be busy, with a fast pace. Look for places in the schedule where you can walk away and focus on chatting to folks, just to review ideas.

  • It was a talk by Curt Cronin about teams and leadership. Based on his experience as a Navy Seal.
  • There are always plenty of great talks – I focus mostly on FullSTK and binate.io as a developer.
  • I try to engage with as many people as possible to see where things are leading and where the focus is.
What’s the Most Useful Talk You’ve Ever Seen at Genesis Expo?

One of the best talks I’ve seen was at Expo in 2018. It was a talk by Curt Cronin about teams and leadership. Based on his experience as a Navy Seal, he discussed how teams of developers (and the greater tech space) can function better when focusing on trust and communication. There are always plenty of great talks – I focus mostly on FullSTK and binate.io as a developer, with the occasional nod to a Centre Stage talk from leaders in the industry.

There are no secrets to success. It is the result of preparation, hard work, and learning from failure.

– Paul Tournier

That said, nothing compares to being involved. I try to engage with as many people as possible to see where things are leading and where the focus is. There are some conversations that become more “what not to do”, but overall, engaging with people is where I learn most.

digital
[ Outubro 9, 2018 by clickadmin 0 Comments ]

The Top 50 Startups Investors Want to See

Genesis Expo will gather over 5,000 CTOs in one place, and about another 11,000 engineers. If you are a first time dev at Expo this post should help you think about your trip.